Começamos o dia com um belo café da manhã no Leonardo Hotel, onde estávamos hospedados. De lá, pegamos um táxi (pois já estávamos meio atrasados) para o Reichstag ou Bundestag, o prédio do parlamento alemão, pois tínhamos agendado a visita ao terraço às 9h. Chegando lá, passamos pela segurança e esperamos um pouco até pegarmos o elevador que nos leva até a famosa cúpula de vidro. Logo na chegada pegamos o áudio-guia e seguimos para conhecer o terraço!

 

De dentro da cúpula de vidro do Reichstag!

 

O dia estava muito frio e nublado, mas foi lindo ver lá de cima vários marcos da capital alemã, como a Torre da TV, o Portão de Brandenburgo e a coluna da Vitória no Tiergarten. O vento era geladão e foi difícil ficar muito tempo na parte externa para fazer as fotos. Depois, subimos em espiral pela cúpula até o topo, para apreciarmos a vista do ponto mais alto, para então retomar a descida. Foi uma visita muito bacana, tudo bem alemão, bem organizado! Pegamos o elevador de volta e tiramos mais algumas fotos do prédio do lado de fora.

 

De fora do famoso prédio do parlamento!

 

Seguimos para o Portão de Brandenburgo, principal cartão postal de Berlim, onde fizemos mais fotos e sentamos um pouco para admirar o movimento e os belos prédios da Unter den Linden. De lá seguimos para o Memorial aos Judeus Mortos na Guerra, onde ficamos simplesmente tocados pela dimensão dessa obra de arte e como simples blocos de concreto em conjunto conseguem nos sensibilizar tanto.

 

Cartão postal de Berlim – Portão de Brandenburgo!

 

Caminhamos dali até o Sony Center, onde entramos para conhecer o espaço e algumas lojinhas legais que tem ali – aproveitamos para nos esquentar tomando um café no Starbucks! Fica ao lado da Postdamer Platz, onde estava rolando (adivinhem?) mais uma feirinha de Natal! Como já estava na hora do almoço, comemos por ali (um cascão salgado recheado de cogumelos e batatas – uma delícia) e tomamos nosso Glühwein – mais uma caneca! Ainda aproveitei uma atração montada que tinha lá: desci uma rampa sentada numa boia, superdivertido!

 

Tiergarten

 

Mais uma pernadinha e chegamos na Topografia do Terror, um museu gratuito incrível, mas muito chocante, com histórias do nazismo. Dali seguimos até o Checkpoint Charlie, um local fake que simboliza um posto de passagem entre as antigas Alemanhas Oriental e Ocidental divididas pelo muro. Mais uma caminhada até o Museu Judaico de Berlim, onde vimos histórias de famílias judias que passaram pelo nazismo e muitas exposições sobre a vida dos judeus e de arte inspirada na sua história. A sala com os rostos de ferro é realmente impressionante e tocante (fora a descida de boia em Postdamer Platz, que dia pesado!).

 

Mercado de Natal de Gendarmenmarkt – um dos mais lindos!

 

Para dar uma amenizada, já de noite, fomos de táxi até a cervejaria Augustiner pertinho da Gendarmenmarkt, onde tomamos uma cerveja deliciosa e comemos as famosas Bratwürst – salsichas branquelas deliciosas com pretzel e honey mustard! Dali, já que estávamos pertinho, fomos até o mercado de Natal de Gendarmenmarkt, uma da feirinhas mais lindas de Berlim! Estava cheia e super animada, rolando até umas apresentações de música e dança num palquinho. Tomamos mais um Glühwein (e levamos mais uma caneca pra casa!) e depois fomos de tuk-tuk até o shopping LP12 pois o Leo queria voltar na Uniqlo para comprar um casaco e luvas novas para aguentar melhor o frio.

 

Cervejaria Augustiner – delícia de chopp!

 

Então voltamos de metrô para o nosso hotel, onde descansamos para encarar o próximo e último dia em Berlim!

Nota: infelizmente bem no finalzinho dessa viagem fomos roubados e perdemos muito material. Alguma coisa conseguimos recuperar, mas o backup principal estava no meu notebook e no meu iphone que ~se fueram~ nessa roubada. Então ~desculpa aí~ se faltarem fotos e vídeos que dão sentido à sequência dos relatos.

Um beijo e até mais!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *