Tag: Europa

Diários de Londres: mais andanças com Papi & Mami!

Como hoje era sábado, fui pegar o pai e mãe no hotel deles, tomamos café da manhã e partimos para Notting Hill! Eu já fui lá, mas achei que eles iriam gostar de conhecer o bairro e a feirinha de sábado. Vimos as antiguidades, as barraquinhas de comidas e, já na hora do almoço comemos uma coisinha por lá.

 

Mami e eu em Notting Hill.
Mami e eu em Notting Hill.

 

*Até tem uma história engraçada, pois eu e o pai batemos o olho em uma porção de camarão enorme frito que estavam vendendo numa dessas barracas de rua. Tava uma fila grande e a cara era ótima. A mãe não quis arriscar e entrou num lugar mais ajeitadinho pra comprar uma pizza. Mas eu e o pai insistimos, ficamos um tempão na fila e pegamos a porção. O tal do king prawnking crab que eles vendiam eram, na verdade, aquelas carnes processadas de peixe, tipo kani kama, com uma crosta de farinha na volta, um palito de picolé cravado imitando “rabo” e o formato de “lua” de um camarão. Até hoje não acredito que caí nessa – e ainda era horrível!*

 

Dica: se for a Notting Hill, não coma king prawn ou king crab – furada total!

 

Dali, fizemos uma boa caminhada até o Hyde Park, passando por uma rua muito bacana cheia de consulados e embaixadas. Entramos pelos fundos do Kensington Palace e resolvemos fazer a visita, pois tinha uma exposição muito interessante sobre a Princesa Diana, homenageando os 10 anos de seu falecimento. Além disso, o portão do palácio estava cheio de flores e cartazes, é muito legal o carinho que o povo ainda tem por ela.

 

Com mami em frente ao Kensington Palace.
Com mami em frente ao Kensington Palace, homenagens aos 10 anos da morte da Princesa Diana.

 

DSC07064
Com papi em uma das laterais do palácio.

 

DSC07066 DSC07070

 

Por dentro o palácio é algo de lindo, como algo que nunca havia visto na vida. É enorme, antigo, luxuoso, pomposo e com todas as extravagâncias de um castelo real. Adorei a lojinha de souvenirs e achei que a visita vale super a pena! Depois, caminhamos pelo Hyde Park  até chegar no Royal Albert Memorial – um troço lindo e ostentoso que tem em frente ao Royal Albert Hall – uma casa de shows / coliseu também espetacular (como tudo nessa cidade…).

 

DSC07076
Royal Albert Memorial

 

DSC07082
Royal Albert Hall

 

Dali pegamos um bus rapidinho, paramos para tomar um café no Starbucks e fomos até a Harrods – uma loja de departamentos enooorme que eu até já fui com a Leila e achei que meus pais iriam gostar – eles adoraram mas não compramos nada! A loja é um luxo só.

 

DSC07086
Em frente à Harrods

 

DSC07088
Por dentro da Harrods.

 

De lá, fomos de metrô até Piccadilly para eles conhecerem os luminosos brilhantes só que não daqui. Vimos alguma lojinhas, como a Lillywhite’s, e depois jantamos na Spaghetti House para encerrar o dia delicioso! Estou amando ter eles aqui!

 

DSC07094
Janta na Spaghetti House de Piccadilly.

 

Diários de Londres – assisti ao La Scala Ballet!

A programação cultural foi intensa no findi! 🙂 Se no sábado assisti ao Fantasma da Ópera, no domingo foi dia de ir à Royal Opera House assistir ao ballet do famoso Teatro Scala de Milão, que apresentou A Bela Adormecida. É sensacional a quantidade de atrações que tem nessa cidade! Todos os ballets do mundo vem fazer temporada aqui, isso sem falar na quantidade de musicais e teatros em cartaz!

Aproveitei o passeio para tirar fotos do teatro, afinal já é a 2038274034928ª vez que vou ali e ainda não tinha registros! A apresentação foi muito bonita e “pomposa”, com cenários e figurinos to die for – mas os bailarinos eram apenas bons (acho que fiquei muito exigente depois de conhecer a maravilhosidade do Royal Ballet).

(se preparem para muitas selfies).

Essa estátua de bailarina fica bem em frente ao teatro, um amor!
Essa estátua de bailarina fica bem em frente ao teatro, um amor!
A famosa fachada - dream come true!
A famosa fachada – dream come true!
O cartazinho do espetáculo!
O cartazinho do espetáculo!
DSC04241
Já dentro do teatro, um bar muito elegante!
DSC04248
Vista de Covent Garden!
DSC04250
No intervalo, vista de um dos salões de espera.
E, finalmente, dentro do teatro!
E, finalmente, dentro do teatro!

Diários de Londres – brincando na Hamleys!

Neste sábado, depois de assistirmos ao musical, fomos passeando por Piccadilly Circus  e pela Regent Street até chegarmos na Hamleys, uma loja incrivelmente linda de brinquedos. São andares e mais andares dos personagens mais incríveis da nossa infância! Impossível não se apaixonar!

Sintam a alegria desta criança! 🙂

Hamleys1 Hamleys2 Hamleys3 Hamleys4 Hamleys5

Diários de Londres – vi o Sherlock Holmes!

Hoje depois da aula de inglês almoçar em Piccadilly Circus. Depois, inventei de ir até Marylebone para conhecer o tal do Museu do Sherlock Holmes. Eu até conheço por cima os personagens, mas nunca li os livros. De qualquer forma achei que seria interessante.

A estação já leva o nome da rua do endereço do Sherlock, Baker Street. E já ao descer do metrô a gente vê uma estação toda temática, e saindo na rua damos de cara com uma estátua do famoso personagem de Arthur Conan Doyle.

Uma estátua dele, logo saindo da estação :)
Uma estátua dele, logo saindo da estação 🙂

Andando um pouquinho já se chega no popular endereço do detetive: 221-B Baker Street. Existe mesmo, e hoje lá funciona um “museu” dedicado ao personagem (entre “aspas” pois são apenas cenas dos livros e bonecos dos personagens). Não é nada demais, mas foi super divertido de tirar fotos!

Chegando em 221 Baker Street!
Chegando em 221 Baker Street!

 

DSC04214 DSC04211 DSC04208 DSC04207 DSC04204

O guardinha do prédio é super simpático e embaixo tem uma lojinha muito fofa (e cara $$$) pra quem gosta dessas coisas!

DSC04213 DSC04215

Daytrip – Stonehenge & Salisbury

Nesse sábado eu e a Dani fomos passar o dia fora, fizemos uma viagenzinha rápida para conhecer o descanso de tela do Windows Stonehenge e a cidadezinha de Salisbury, base para conhecer o famoso conjunto de pedras. Fomos até Waterloo, de onde saiu o trem, descemos na estação da cidade e de lá pegamos um táxi.

Dani e eu no trem para Salisbury.
Dani e eu no trem para Salisbury.

O dia estava meio nublado e ventoso, pois o lugar fica meio alto em cima de um barranco. Até caiu uns chuviscos, mas nada que atrapalhasse o passeio. Foi muito legal sair um pouco de Londres e andar de trem pelo interior da Inglaterra, dá pra ver paisagens bem bacanas!

As famosas "pedrinhas".
As famosas “pedrinhas”.

Stonehenge é basicamente um espaço grande com um conjunto de pedras enormes que está disposta em círculos e, pelo que entendi, existem apenas teorias do que elas fazem lá, como foram parar ali e há quanto tempo, mas nada foi provado. Parece que funciona como um relógio solar e que no dia 21 de junho, dois dias atrás, o sol nasce exatamente na pedra principal e é comemorado o solstício.

Curtindo a vibe...
Curtindo a vibe…

Com tudo isso à parte, a única coisa que posso dizer é que o conjunto é impressionante e a vibe do lugar é muito boa. Não sei se é a empolgação de estar aqui, mas foi um momento realmente especial estar lá, sentada na chuvinha e na grama, e curtindo a paisagem. A Dani também sentiu então não estou louca sozinha.

O charme de Salisbury.
O charme de Salisbury.

Voltamos para Salisbury e demos uma caminhada pela cidade, que, aliás, é uma gracinha. Florida, antiga, aconchegante. Tem uma catedral que é algo de linda! Super antiga e enorme! fizemos um lanchinho, compramos souvenirs e de lá voltamos para Londres super felizes e loucas para conhecer mais cidadezinhas da Inglaterra!

A Catedral de Salisbury.
A Catedral de Salisbury.
Os lindos claustros da Catedral de Salisbury.
Os lindos claustros da Catedral de Salisbury.
Mais uma fotinho para encerrar! :)
Mais uma fotinho para encerrar! 🙂