Tag: Praia

Lua de Mel Gabi & Léo: Fort Lauderdale e Cocoa Beach!

No dia seguinte à Cozumel, último dia e pernoite no cruzeiro, fizemos mais do mesmo pelo navio: comemos, dormimos, comemos, fomos na piscina, comemos, fomos ao teatro, comemos e comemos mais um pouco (#gordinhos). No outro dia, acordamos cedinho para tomarmos café e logo desembarcamos em Fort Lauderdale. Fomos conhecer a praia e passeamos um pouco pela cidade.

 

DSC_0312

DSC_0321

DSC_0303

 

Tentamos almoçar no restaurante La Dolce Vita, que parece ser o melhor italiano de Fort Lauderdale, mas estava fechado, então seguimos viagem. Antes, paramos no Chipotle para almoçar, uma rede de comida mexicana (que a gente adora!) que queríamos ter ido em Orlando e encontramos no caminho.

 

IMG_6616

Chipotle_1

 

Seguimos viagem de lá para Cocoa Beach, já fazendo o caminho de volta para Orlando, onde ficaríamos mais uns dias e voltaríamos para casa. Chegamos nessa praia e nos instalamos no hotel Courtyard Marriot (depois de rodar e rodar para acharmos uma hospedagem, pois a praia estava lotada!).

 

Marriot_1

 

Já à noite, fomos andar um pouco pela avenida “principal” da prainha, visitando algumas lojas e parando para comer (mais um mexicano) no Taco Bell – nham nham!

 

IMG_6647

Taco_Bell_1

 

Fomos dormir e no dia seguinte tomamos um café da manhã muito delícia no Waffle House (outra rede supimpa que faz concorrência forte com o Denny’s na nossa preferência). Lá comemos no balcão e pudemos assistir o preparo dessa ~maravilhosidade~ chamada waffle! Quero um quentinho agora! 😛

 

Waffle_House_2

Paramos para conhecer a praia e depois seguimos viagem para passarmos o dia na NASA, ou melhor, no Keneddy Space Center, assunto do nosso próximo post! Amanhã tem mais!

DSC_0346

DSC_0348

DSC_0352

🙂

Lua de Mel Gabi & Léo: um dia em Cozumel, México!

Oi gente!! Tudo bem? Estão gostando do nosso diário ilustrado da lua de mel? Então curtam, comentem, compartilhem, pleeeeaseTem alguém aí?

Depois de um café da manhã gordo e cheio de ovos e bacon nham nham, fomos curtir nosso segundo dia em ~terra firme~ na ilha de Cozumel, no México. Chegamos lá no mesmo dia que o enorme Oasis of the Seas e outros navios estavam ancorados (nosso navio parecia de brinquedo perto do Oasis), então a ilha estava cheia de cruzeiristas e uma muvuca.

 

DSC_0160

DSC_0164

 

Logo achamos quem nos levaria para o nosso primeiro ~passeio~ e fomos parar no Jenna’s, restaurante beira-mar que serviu de base para o nosso mergulho de capacete – helmet diving. Acabamos optando por essa “modalidade” pois eu tenho problema em um ouvido e não posso deixar entrar água com muita pressão (mergulhar com muita profundidade). Foi bem interessante: descemos por uma escadinha uns 10 metros até o fundo do mar já com o capacete (que tem uma fonte de oxigênio) e depois fizemos uma “trilha” embaixo da água segurando uma cordinha.

 

Cozumel_02

Cozumel_01

 

O instrutor vai largando comida para os peixes aparecerem e também vai nos alcançando alguns bichinhos para tocarmos / vermos mais de perto. A água é incrivelmente azul e transparente ao mesmo tempo, é possível enxergar vários metros longe. Respirar no capacete é bem tranquilo. Senti mais desconforto com o peso do capacete e com a minha claustrofobia e ansiedade do que com a respiração. Mas foi uma experiência legal e só nos despertou mais vontade fazermos um super mergulho com tudo que temos direito (assim que eu resolver de vez meu problema no ouvido).

O Léo ainda mergulhou um pouco com snorkel enquanto eu pegava um sol que já se escondia atrás das nuvens. Na saída, tomamos uma facada para adquirir essas fotos (do que adianta fazer isso se não tivermos fotos, certo?) e depois rumamos ao Dolphinaris e aí, minha gente, foi puro amor! <3 <3 <3 <3 <3

Nosso “mergulho” com golfinhos estava agendado para as 14h e chegamos lá mais cedo, ainda a tempo de filar um almoço quase apanhando dos pássaros por comida (que estava incluído do “pacote”).  Ainda antes da nossa “vez”, circulamos pelas piscinas desse complexo e já interagimos e nos apaixonamos por esses bichinhos mais do que especiais que na verdade queriam comida, mas a gente prefere achar que era amizade eterna e verdadeira.

 

Cozumel_03

 

Então fomos nos preparar para o nosso nado com os golfinhos e, finalmente, descemos para a piscina onde a mágica aconteceu um casal de nadadeiras muito querido estava nos esperando. Foi lindo, uma experiência incrível! Eles fizeram o show deles, mostraram o quanto são inteligentes e nadaram com a gente (muito muito rápido!). Eu parecia uma criança louca de faceira (nunca mostrei tanta gengiva na vida) e nunca vou esquecer o quanto foi especial ficar perto desses bichinhos.

 

Cozumel_04

Cozumel_05

Cozumel_06

 

Na saída, levamos mais uma facada para ter as fotos acima (aliás, qual o problema desses lugares, hein?) e fomos a pé até o porto onde nosso navio estava ancorado. O dia ficou um pouco nublado, então foi perfeito para fazermos essas atividades ao invés de ficarmos deitados na beira da praia em um dia mazomeno.

 

Cozumel_07

 

Demos uma explorada e compramos uns souvenirs nas lojinhas de artesanato ali no porto e voltamos para o nosso navio para nos arrumarmos, jantarmos e curtirmos mais um musical no teatro em alto mar!

Lua de Mel Gabi & Léo: um dia em Roatán, Honduras!

Acordamos cedinho e tomamos um café bem reforçado, pois queríamos ser uns dos primeiros a sair no primeiro dia de ~terra firme~ do cruzeiro: ancoramos na Ilha de Roatán em Honduras! Um lugar que nunca havíamos ouvido falar antes e tampouco esperávamos ir um dia e que nos surpreendeu absurdamente! As fotos ficaram lindas mas juramos que não refletem nem de perto a beleza real do lugar!

 

Roatan_01

 
Foi muito legal descer no porto da pequena ilha e ter uma noção melhor do tamanho do bicho do nosso navio! Já logo na chegada nos surpreendemos com a cor ~azul turqueza~ do mar, como nunca havíamos visto na vida. Nossa primeira opção era passar o dia em outra ilha, chamada Little French Key ali perto, mas o passeio não era oferecido pelo cruzeiro e não nos sentimos seguros de comprar o passeio lá (e ao chegar na ilha o assédio aos turistas é tão forte que concluímos que foi melhor assim mesmo). Acabamos optando por passar o dia em Tabyana Beach, uma praia onde teríamos estrutura para deixar as coisas, almoçar, tomar ducha e que um guia nos levaria para um passeio de snorkel mar adentro.

 

Roatan_02

Roatan_05

Roatan_03

Roatan_04

Roatan_07

Roatan_06

Roatan_08

 

A praia era algo de linda! A areia mais branca e o mar mais azul, nossos olhos jamais vão esquecer. É bem difícil de descrever MESMO. O snorkel também foi sensacional: colocamos os pés de pato, óculos e respirador e simplesmente entramos mar adentro. Estava uma piscina, não tinha onda nem correnteza, e a temperatura bem fresquinha, uma delícia! Andando alguns metros já temos que ficar ~boiando~ na superfície pois começa uma enorme barreira de corais. Peixes e corais de muitas cores e tamanhos e, ao final, nos assustamos quando a barreira acaba e vimos um abismo de 50m! Nunca me arrependi tanto de não ter uma câmera decente para tirar fotos embaixo d’água.

 

Roatan_09

Roatan_10

Roatan_11

Roatan_12

Roatan_13

Roatan_14

Roatan_16

 

Voltamos para o porto, onde haviam umas lojinhas de artesanato e uns free-shops (tudo muito caro). Depois voltamos para o navio para fazer um lanchinho no bar da piscina, assistir ao pôr-do-sol e admirar mais um pouco a ilha lá de cima.

 

Roatan_17

Roatan_18

Roatan_19

Roatan_20

Roatan_22

Roatan_23

Roatan_24

 

O navio partiu e Roatán já nos deixou saudades. Vivemos muita coisa linda nessa viagem, mas com certeza Roatán está entre as mais mais! Depois desse dia bacaníssimo e cansados de toda essa vida boa tomamos banho e jantamos no mesmo bat local e bat horário. Adorávamos essa refeição pois a comida era muito maravilhosa e os garçons, sempre os mesmos, eram muito gente boa e conversadores!

 

Roatan_25

 
Depois de mais esse desbunde gastronômico, passeamos um pouco pelo navio e fomos dormir para encarar o dia seguinte em Cozumel, no México.

Lua de Mel Gabi & Léo: um dia em Miami!

Após algumas horas de viagem, já tarde da noite, chegamos de Key West e dormimos próximo a Miami. Escolhemos um hotel da rede Travelodge,  com um quarto bem confortável e espaçoso, um dos melhores custo/benefício que tem por lá. Tomamos um super café da manhã no hotel mesmo, simples mas bem completo!

 

Miami_1

 

Seguimos para conhecer o Vizcaya Museum & Gardens, uma mansão linda que virou museu e fica na beira da baía de Biscayne em Miami. São vários jardins, fontes e obras de arte espalhados na propriedade que renderam várias fotinhos.

 

Vizcaya_01

Vizcaya_02

Vizcaya_3

Vizcaya_04

Vizcaya_05

Vizcaya_06

Vizcaya_07

Vizcaya_10

Vizcaya_11

Vizcaya_12

Vizcaya_13

Vizcaya_14

Vizcaya_15

Vizcaya_16

Vizcaya_17

Vizcaya_18

Vizcaya_19

Vizcaya_20

Vizcaya_22

 

Com a fome batendo, fomos encarar um brunch no Blue Collar. Depois de esperar um pouco na fila, pois domingo o pessoal sai bastante para comer esse mix de café (breakfast) com almoço (lunch), eu comi o burrito com batatas mais apimentado da vida e uma key lime pie (igual a nossa tortinha de limão). O Léo comeu uns ovos com bacon, já que estávamos viciados nesse tipo de comida a essa altura da viagem.

 

Miami_4

 

“Completamos” o almoço com um sorvete delícia no Whip’n Dip Ice Cream Shop já perto de Key Biscaine. Li por aí que é o melhor sorvete de Miami! E é bem bom mesmo, com o calor que estava nesse dia, melhor ainda!

 

Miami_2

 

Alimentados, fomos conhecer algumas praias de Miami em direção a Key Biscaine, uma das muitas ilhas de Miami. Paramos no mercado Publix para comprar umas guloseimas nham nham. Aproveitamos para fazer um piquenique no Bill Baggs Cape Florida State Park, uma das nossas paradas em Key Biscaine.

 

Miami_2

Miami_1

 

Depois de toda a comilança, fomos para Miami Beach para passearmos de bicicleta pela Ocean Drive e conhecer melhor a muvuca da região próxima a praia. Lá também é o Art Deco District, em função da arquitetura e cores em tons pastéis predominantes nos prédios.

 

Miami_7

Miami_8

Miami_9

 

Ao entardecer, fomos caminhando de lá até a Lincoln Road, outra rua bem movimentada e cheia de bares, lojas e restaurantes em South Beach. Jantamos um hambúrguer delícia no  Shake Shack e encerramos mais um lindo dia da nossa lua de mel, indo dormir em outro Travelodge só que em Fort Lauderdale, de onde partiríamos em um cruzeiro no dia seguinte.

 

Miami_3

 

 

Lua de Mel Gabi & Léo: um dia em Key West!

Fomos cedinho para a The Westin Marina de onde partiria o nosso passeio de barco. Queríamos ter feito o passeio para Dry Tortugas mas demos o azar de estar esgotado no dia em que estivemos lá, então escolhemos o passeio de escuna da Dangers Charters que incluía almoço, snorkel e caiaque. Foi bem divertido e o dia estava mais uma vez perfeito.

 

DSC_0341

DSC_0357

IMG_6257

IMG_6258

DSC_0354

DSC_0353

Key_West_1

Key_West_2

 

Na volta do passeio, fomos andar um pouco a pé pela ilha e logo achamos onde alugar umas bicicletas. Assim, conseguimos conhecer algumas praias e um pouco mais de Key West de forma mais rápida e divertida!

 

Key_West_3

Key_West_4

 

Fizemos uma parada para jantar/lanchar um super hambúrguer no melhor de Key West: o Lobo’s Mixed Grill. Hamburgão delícia, nham nham!

 

Key_West_5

 

Já anoitecendo, nos despedimos de Key West e fomos dormir mais próximo de Miami, que contaremos amanhã! Continuem nos acompanhando!